ACIDENTES AUTOMOBILÍSTICOS: 70% dos leitos do IJF são ocupados por acidentados de motos

O IJF é o maior hospital de traumas do Estado e conta com um total de 461 leitos de internação
(FOTO: JL ROSA)
Os automobilísticos envolvendo motocicletas são as principais causas para a superlotação do maior hospital de traumas do Ceará, o Instituto Dr. José Frota (IJF). Segundo o diretor médico do local, Dr. Osmar Aguiar, os motociclistas ocupam hoje 70% dos 461 leitos de internação.

O número de motociclistas e passageiros acidentados apresentaram um aumento significativo no hospital. Em cinco anos, mais de 50 mil pessoas precisaram ser atendidos na urgência do IJF em decorrência de acidentes com motos.

Em 2013 o hospital atendeu 6.300 pacientes que sofreram algum tipo de trauma com este veículo. Neste ano, de 1º de janeiro a 3 de novembro, já foram atendidos 12.554 acidentados. Um crescimento de quase 100%.

O diretor médico do IJF ressalta que acidentes automobilísticos muitas vezes deixam graves sequelas. Nas motocicletas, as mais frequentes são deformidades, limitação ou perda do movimento do membro atingido e até amputação, que é realizada quando a lesão é irreversível. Sendo assim, pacientes devem tomar bastante atenção ou até evitar a transitar novamente com motocicletas.

Mortes em acidentes aumentam 45%

Um levantamento realizado pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) entre janeiro e setembro de 2014 constatou que o número de mortes em acidentes com motocicletas nas rodovias federaisaumentou 45% em relação ao igual período do ano passado.

Somados os casos, as BRs 222, 116, 020, 304 e 230 tiveram um total de 94 mortes em acidentes com motos em 2014, diante de 65 em 2013.


Fonte: Diário do Nordeste