Matadouro de Sobral é interditado e população consome 'carne de moita'


A Agência de Defesa Agropecuária do Estado do Ceará (Adagri) suspendeu as atividades do matadouro público do município de Sobral, na região Norte do Ceará. A decisão atende à determinação do Ministério da Agricultura, após denúncias de que o local funcionava sem o serviço de inspeção local.

Segundo a fiscal estadual da Adagri em Sobral, Raquely Braga, durante inspeção, não foi apresentado nenhum documento exigido pelo Ministério da Agricultura que permitisse o funcionamento do equipamento. Além disso, denúncias alertam para as péssimas condições sanitárias do local, que funcionava como único abatedouro do município.

A Adagri informa, ainda, que não há data para reabertura do equipamento, pois existem trâmites legais a serem cumpridos, entre eles, um decreto da Prefeitura de Sobral regulamentando a lei que criou o Sistema de Inspeção Municipal.

Outro problema é que o matadouro de Sobral não é de responsabilidade do município, mas sim de propriedade do vereador Carlos do Calixto (PSB), que também é produtor de gado na região. O parlamentar foi procurado para falar sobre o assunto, mas estaria viajando e impossibilitado de conversar.

Fonte: Ceará News 7