Grupo explode agência bancária em Pedra Branca durante madrugada

Três caixas eletrônicos foram explodidos e a fachada do estabelecimento bancário ficou totalmente destruída.
Cerca de dez homens armados explodiram e tentaram assaltar, na madrugada desta quinta-feira, 4, uma agência bancária do Bradesco em Pedra Branca, 261,6 km de Fortaleza. Durante a ação, dois homens ainda foram feitos reféns e usados como escudo humano pelos assaltantes. Não houve troca de tiros e as vítimas foram abandonadas a cerca de 15 km do local. Nenhuma quantia foi levada.

A ação, segundo informações da Polícia Militar de Pedra Branca, ocorreu por volta das 3h50min. O grupo chegou em um carro Savero de cor branca e rendeu um empresário, que iria sair da cidade acompanhado de um amigo. Os dois homens foram colocados dentro do porta-malas do veículo do empresário, um Corolla preto. Em seguida, os assaltantes foram para a agência, localizada no Centro da cidade, na avenida Ernesto Vieira Cavalcante.

No local, eles se dividiram em dois grupos; um deles deixou as vítimas ajoelhadas na entrada da agência, para servirem de escudo humano, e o outro explodiu o local. A PM foi acionada, por meio de ligação anônima, por volta das 3h55min. Uma viatura, que estava em outra ocorrência, foi direcionada ao local.

“Fomos lá de prontidão, mas não atiramos contra os criminosos para preservar as vitimas. O grupo fugiu nos dois carros e houve perseguição. As vítimas foram abandonadas a cerca de 15 km do local”, detalhou Leonardo Santos, da PM de Pedra Branca. Segundo ele, a agência ficou danificada, mas nenhuma quantia foi levada. Uma dinamite, que não explodiu, também foi encontrada no local e deve ser retirada por equipe especializada.

Os reféns foram localizados dentro do Corolla da vítima, sem ferimentos. Foi solicitado reforço policial dos destacamentos de cidades vizinhas, como Senador Pompeu, Quixadá, Quixeramobim e Milhã. Conforme Leonardo, as buscas seguem até esta quinta-feira, 4, mas ninguém ainda foi preso.

Ataques
Com a ação desta quinta-feira, 4, sobre para 59 o número de ataques a bancos no Ceará, em 2013. Na madrugada desta segunda-feira, 1°, cerca de dez homens roubaram uma agência do Banco do Brasil, na cidade de Pacoti, a 95 km de Fortaleza. O grupo destruiu a porta de entrada do prédio e dinamitou o cofre principal. Todo o dinheiro foi levado. Antes da fuga, os suspeitos ainda alvejaram o prédio da Polícia Militar local.





Fonte: Redação O POVO Online