Tianguá-CE: Polícia frustra tentativa de resgate de homicida e desarticula quadrilha de assaltantes

Na imagem, Dário Pelado e os documentos falsos que seriam utilizados por ele (FOTO: AMANDA ARAÚJO/O POVO)
Cinco pessoas foram presas e um adolescente de 17 anos foi apreendido, na noite da última terça-feira, 16, em Tianguá, 335,8 km de Fortaleza. A quadrilha de tráfico de drogas é também suspeita de realizar assaltos a bancos e, segundo a investigação da Polícia, iria resgatar um preso condenado por homicídio e latrocínio. Eles foram capturados com drogas e dois veículos roubados, um Corolla preto e uma Hillux branca blindada.

A quadrilha iria resgatar o preso Dário César Moraes Silva, 29, quando ele fosse para uma audiência marcada para a última quarta-feira, 17, no Fórum de Coeraú. “Dário Pelado”, como é conhecido o criminoso, é apontado como o chefe da quadrilha e foi preso em 2012, condenado a 20 anos de prisão pelo assassinato de um PM, em Coreaú, e pelo roubo e morte de um vigilante, em Tianguá.

“Conseguimos informações sobre o resgate planejado pelo grupo, que aproveitaria a transferência do preso de Fortaleza para Coeraú. Eles alugaram uma casa e usariam dois veículos com placas clonadas e adulteradas, roubados nesta semana”, detalha o titular da Delegacia de Roubos e Furtos (DRF), Raphael Villarinho. A operação contou ainda com a participação da Coordenadoria de Inteligência da Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), Delegacia Regional de Sobral e Delegacia Regional de Tianguá.

Na residência, foram presos Maria José Ferreira Gomes, Evilázio Martins Nascimento, João Paulo Lima dos Santos, Aldeir de Sousa Medeiros e Francisco Hilton dos Santos Bandeira. O adolescente apreendido já respondia por crimes de sequestro, extorsão e homicídio; ele está internado em uma unidade de adolescentes infratores. O restante do grupo está na DRF e foi autuado por tráfico de drogas, associação para o tráfico, receptação e adulteração de veículos, falsificação de documentos e corrupção de menor.

Com a quadrilha, ainda estavam dois documentos falsos para ''Dário Pelado'', o que comprova o plano de resgate, conforme a Polícia. “São pessoas perigosas e achamos mais seguro frustrar a ação para evitar que algum agente saísse ferido. As investigações continuam para que outros envolvidos sejam presos”, completa Raphael Villarinho.

Entre os presos, João Paulo já havia levado 11 tiros e Francisco Hilton, que havia saído da prisão há cerca de 25 dias, uma facada no pulmão. Mazé, como é conhecida Maria José, comandava o tráfico de drogas na região e deu apoio logístico aos acusados, sendo responsável pela residência utilizada por eles.

Outras prisões
Além da captura de seis integrante de quadrilha, o delegado Rapahael Villarinho apresentou na manhã desta quinta-feira, 18, informações sobre as prisões de outros três homens. Um deles, capturado no sábado, 13, foi capturado no Aeroporto Pinto Martins, em Fortaleza.

Anderson Luiz Vidal é paulista e possuía mandado de prisão em aberto contra ele por roubo, sendo acusado de assaltar condomínios de luxo em São Paulo e Minas Gerais. Ele foi interceptado no aeroporto com documentos falsos.

Na última terça-feira, 16, outros dois homens foram presos após o assalto de uma confecção em Maramguape, onde levaram a quantia de R$ 30 mil. Francisco Roberto Catarina Mendes e José Luciano Barbosa Pereira também são acusados de levar R$ 85 mil em uma ‘saidinha bancária’, realizada na última quarta-feira, 10. Eles foram autuados por receptação e porte ilegal de arma (apreendido revólver calibre 38).



Redação O POVO Online