Médico briga com PMs, invade casas e faz criança refém no interior do CE

Na delegacia, homem derrubou porta e tentou fugir (Foto: Edilbene Silva)
Um médico foi preso por invasão de domicílios e fazer uma criança refém em Alto Santo, no interior do Ceará, na noite deste sábado (11). De acordo com a Polícia Civil, o homem fez gestos obscenos, brigou e desacatou policiais e resistiu à prisão.

“Ele estava em uma festa e bebeu muito. Começou fazendo confusão na festa, brigando com todo mundo. Foi expulso do local, quebrou a barraca de vendedores ambulantes. Foi retirado do local mais uma vez e bateu até nos policiais que chegaram para contê-lo”, diz o inspetor da Polícia Civil Antônio Landim.Na delegacia, o preso chegou a derrubar a porta de uma sala e danificou um porta na entrada do local, para tentar fugir, mas foi contido mais uma vez por policiais.

O suspeito foi preso por desacato, gestos obscenos em local público, constrangimento de menores, invasão de domicílio e ameaça de morte de uma criança. “Quando ele invadiu a terceira casa, ele agarrou uma criança pelo pescoço, pedindo pra negociar a soltura da criança pela liberdade dele. Como não estavam armado, os policiais entraram em luta corporal com o suspeito e soltaram o garoto”, relata Landim.

A criança foi resgatada sem ferimentos físicos, mas recebe atendimento psicológico para evitar traumas, segundo a Polícia Civil.

O suspeito é médico na cidade de Potiretama e trabalhava como plantonistas em Alto Santo neste sábado. A polícia diz que o suspeito estava “visivelmente embriagado” e solicitou um exame para identificar se ele havia feito a ingestão de outros tipos de drogas. À polícia, ele disse ter bebido uísque. O médico está preso na Delegacia de Alto Santo e será solto apenas mediante determinação judicial.


Fonte: G1/CE