Superlotação no HGF impossibilita entrada de novos pacientes


Um ofício expedido pelo diretor do Hospital Geral de Fortaleza (HGF), Zózimo Luís de Medeiros Silva, na segunda-feira (12), ao secretário da Saúde do Estado, Carlile Lavor, informa a impossibilidade de receber novos pacientes na emergência por um período de 48 horas.

A superlotação da Unidade de Emergência do HGF é apontada como o motivo para a interrupção da entrada de novos pacientes.

A assessoria de comunicação do HGF confirmou as informações no ofício, de que a emergência do hospital deve seguir de portas fechadas até quarta-feira (14).

A expectativa é que, passados os dois dias, os atuais pacientes possam receber alta ou serem transferidos, abrindo espaço para novos atendimentos.


Fonte: Ceará News 7