BALANÇO: Cai o número de acidentes nas rodovias federais do Ceará durante o Carnaval

Durante o Carnaval, a PRF autuou com 428 policiais em turnos ininterruptos de revezamento, 114 viaturas com características operacionais, 5 radares fotográficos e 71 etilômetros (FOTO: ARQUIVO)
Os dados da Operação Carnaval 2015, relacionados às estradas federais que cortam o Ceará, revelam a redução de 39,2% no número de acidentes, de 4,3% na taxa de feridos e 40% no índice de óbitos, em relação ao Carnaval 2014. Esses resultados foram contabilizados entre a meia-noite da sexta-feira (13) e a meia-noite da quarta-feira (18). Os resultados foram divulgados hoje (19), pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) e apontam 48 acidentes, 44 feridos e 3 mortes. Já no mesmo período do ano passado, foram registrados 79 acidentes, 46 feridos e 5 mortes.

Durante o Carnaval, a PRF autuou com 428 policiais em turnos ininterruptos de revezamento, 114 viaturas com características operacionais, 5 radares fotográficos e 71 etilômetros. Segundo a PRF, as ações policiais estão inseridas na segunda etapa de um esforço de fiscalização mais abrangente, a Operação Integrada Rodovida, que foi planejada visando aumentar a presença e a disponibilidade da PRF nos períodos, locais e horários com maior concentração de registros de acidentes, com foco na prevenção e redução da violência no trânsito e, ainda, ampliar a percepção de segurança nas rodovias federais.

Durante os seis dias da operação, os policiais deram prioridade a ações educacionais e preventivas, principalmente as relacionadas ao excesso de velocidade, à alcoolemia ao volante, às ultrapassagens indevidas, ao não uso da cadeira para transporte de crianças e as ocorrências envolvendo motocicletas ou ciclomotores.

De 10.630 veículos e 11.326 pessoas fiscalizadas, foram extraídos 3.929 autos de infrações por desrespeito às Normas de Circulação e Conduta do Código de Trânsito Brasileiro, das quais 949 foram por ultrapassagens proibidas. Um total de 118 veículos foi recolhido às Unidades Operacionais da PRF, por apresentarem alguma irregularidade. Em 18 fiscalizações com radares eletrônicos, foram capturadas 1.595 imagens de veículos que transitavam nas rodovias com velocidade superior a permitida. 

Ao todo,114 motoristas foram autuados por dirigirem sob efeito de álcool. E dez condutores foram detidos e encaminhados às Delegacias de Polícia Civil por apresentarem resultados acima de 0,30 mg/l .


Fonte: Diário do Nordeste