Filho de Geraldo Alckmin morre em queda de helicóptero; corpo é velado

Thomaz Alckmin, 31, de terno azul
O corpo do filho do governador Geraldo Alckmin, Thomaz Rodrigues Alckmim, de 31 anos, que morreu nesta quinta-feira, 2, chegou por volta das 3 horas desta sexta-feira, 3, ao hospital israelita Albert Einstein, Zona Sul da capital paulista, onde é velado.

Geraldo Alckmim, seus outros dois filhos, Sophia e Geraldo, e a esposa de Thomaz, Thais Fantato, estão no local recebendo amigos e familiares. Segundo o vice-governador, Márcio França, Lu Alckmin, mulher do governador, não estava no velório por volta das 8h.

Um dos ocupantes do helicóptero que caiu no final da tarde desta quinta-feira, 2, em Carapicuíba, zona oeste da Grande São Paulo, era Thomaz Alckmin, 31, filho do governador Geraldo Alckmin.

Outras quatro pessoas morreram, segundo o Corpo de Bombeiros. A corporação enviou oito viaturas para o local do acidente.

A aeronave caiu sobre uma casa e deixou um morador ferido, mas ele não corre risco de morrer. A residência foi interditada. As investigações sobre o acidente serão conduzidas pela Polícia Civil.

Thomaz era o filho mais novo do governador de São Paulo, e deixou duas filhas.

Por meio de nota, o presidente do PSDB de São Paulo, Duarte Nogueira, confirmou a morte de Thomaz. Em nome dos membros do PSDB paulista, Nogueira manifestou pesar pelo ocorrido.

“Externo os mais profundos sentimentos ao governador Geraldo Alckmin e sua esposa, dona Lu, bem como aos demais familiares e amigos. Neste momento de grande tristeza, só posso desejar à família e a todos que tiveram o prazer de conviver com Thomaz força e sabedoria para enfrentar este momento de dor. É, sem dúvida, uma grande perda”.


Redação O POVO Online, com informações da Agência Brasil