Bandidos fortemente armados assaltam e explodem carro-forte próximo ao distrito de Ubaúna

Os criminosos explodiram um dos carros-fortes e levaram o dinheiro. Um vigilante teria sofrido um tiro na perna
Mais de 1 milhão de reais. Essa é a quantia que pode ter sido levada no ataque a dois carros-fortes no final da tarde dessa última quarta-feira 22. O grupo escolheu um ponto estratégico da BR 222, na altura do km 270, próximo ao distrito de Ubaúna, distante cerca de 50 km de Sobral.

Os agentes da Polícia Rodoviária Federal, Polícia Militar e Civil começaram a chegar no local do ataque, cerca de 30 minutos depois do grupo ter fugido. “Foi um ataque estratégico e planejado”, disse um dos inspetores da PRF. Para ele, o local escolhido para interceptarem do carro forte, deu a grupo criminoso, tempo suficiente para explodir o cofre do veículo e fugirem antes da chegada da polícia. Dois carros-fortes foram atacados, mas somente o que levava os malotes foi explodido por dinamites. Ao todo, três explosões foram escutadas por moradores da região. Dois caminhões foram usados para isolar os dois sentidos da BR e facilitar a ação do bando. 

Os vigilantes do carro-forte de apoio ainda tentaram reagir, mas ao perceberem o armamento pesado usado pelos criminosos, abandonaram o blindado e se esconderam no mato. Um vigilante saiu ferido com um tiro que atravessou a blindagem do carro de apoio. Segundo a PRF, além de fuzil 762, o bando pode ter usado também uma metralhadora anti aérea ponto 30, com capacidade para atravessar a blindagem de um carro forte, como aconteceu. 

Os quatro componentes do carro forte que acabou virando depois de ter seus pneus atingidos por rajadas de tiros, saíram apenas com ferimentos leves. Três equipes da empresa foram deslocadas para fazerem a segurança do local, pois o bando ainda deixou vários malotes, com aproximadamente 1 milhão de reais. O trânsito ficou complicado naquele trecho da BR e só foi normalizado por volta das 20h. Uma senhora que passava no local em seu veículo, se assustou com a forte presença da polícia e entrou em pânico. Ela não conseguia mais dirigir e precisou ser amparada pelos inspetores da PRF.

Segundo o titular da Delegacia de Roubos e Furtos (DRF), Raphael Villarinho, oitos homens podem ter participado da ação. Os criminosos se dividiram em uma Hilux preta e outros dois automóveis ainda não identificados. 

A Hilux foi incendiada a poucos quilômetros do local do ataque, numa estrada de terra, antes da subida da serra da Ibiapaba, segundo informou a PRF de Sobral. Várias equipes do COTAR e da polícia Militar estão em diligências, outras equipes devem chegar nessa quinta-feira 23, para reforçar a busca pelo bando que ainda pode está na região. 

O comandante do 3º Batalhão de Polícia Militar de Sobral, Coronel Carvalho Moura, montou uma blits barreira na BR 222 por volta das 00h, e comandou várias equipes patrulhando trechos da região pela madrugada, na tentativa de capturar os criminosos.

Populares encontraram algumas capsulas de fuzil no local do crime. Foto: Edgar Júnior. 





Fonte: Sobralpress