Operação Férias: reforço na fiscalização reduz 57% o número de mortes nas rodovias federais


A Polícia Rodoviária Federal (PRF) divulgou nesta segunda-feira, 03, o resultado da Operação Férias 2015, onde mostra redução de 57% no número de mortes nas rodovias federais em relação ao mesmo período do ano passado. Também houve queda de 27% na quantidade de acidentes e de 14,85% na taxa de feridos graves.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal, durante todo o mês de julho foram 217 acidentes, com 86 feridos e 14 mortes. Já em 2014, foram registrados 297 acidentes, 101 feridos e 33 mortes.

Em 2014, a colisão frontal foi o tipo de acidente responsável por 30% das mortes nos acidentes. Neste ano, a PRF diminuiu o índice em 25%. Já o índice de atropelamento por pessoa foi reduzido 8%. Em julho de 2015 foram registradas três mortes do tipo de acidente colisão frontal e um óbito no tipo atropelamento de pessoa.

Durante todo o mês de julho, as fiscalizações foram voltadas para combater os tipos de acidentes com maior índice de mortes nas rodovias federais, e com foco na fiscalização de ultrapassagens proibidas e excesso de velocidade. Neste período a PRF realizou 8.913 testes de alcoolemia, dos quais 52 pessoas foram autuadas por constatação e 76 por recusa ao teste e 13 pessoas foram presas por embriaguez. Foram fiscalizados 24.600 veículos e 24.285 pessoas.


*Ceará Agora