Piloto português morre ao cair de parapente

Foto: Olímpia Fernandes
Um piloto português morreu na tarde do ultimo sábado, 15, após cair durante um voo de parapente em Quixadá, no sertão cearense. De acordo com a delegacia de Polícia Civil da cidade era por volta das 13 horas quando João Ferreira da Silva decolou da rampa da Serra do Juá, no distrito de Juatama, voou cerca de 5 km, e inexplicavelmente o equipamento se fechou. O piloto colidiu com uma rocha, na comunidade de Ouro Preto, no mesmo distrito, segundo o presidente da Associação de Voo Livre do Sertão Central, Artemir Júnior.

Um colega e também piloto da vítima relatou que viu o equipamento de João Ferreira fechado e avisou via rádio que o reserva precisava ser acionado, mas o português colidiu com a rocha. O corpo foi resgatado pelos Bombeiros.

João Ferreira tinha 39 anos e era engenheiro civil. Casado, natural de Lisboa, morava em Fortaleza desde 2010. Segundo a associação, ele voava há cinco anos e conhecia várias rampas no Brasil e no Mundo. A rampa do Juá foi inaugurada há cerca de quatro meses.


*Ceará Agora