TRAGÉDIA EM COREAÚ: ACIDENTE COM ÔNIBUS ESCOLAR DEIXA UMA CRIANÇA MORTA

Ontem mesmo, em Coreaú, na Região Norte do Estado, uma criança de três anos morreu em consequência de um acidente com um ônibus cheio de irregularidades ( Foto: Marcelino Júnior )
Um acidente envolvendo um ônibus escolar matou uma criança de três anos e deixou mais de 30 levemente feridas, na manhã de ontem, na localidade de Lagoa do Barro, entre os distritos Aroeira e Ubaúna, em Coreaú.

O veículo desceu o barranco de uma estrada carroçável após o motorista perder o controle da direção. O impacto foi tão forte que o pequeno Francisco Lucas Cavalcante Silva foi arremessado para fora e morreu no local, por traumatismo craniano, segundo laudo preliminar do hospital, em Coreaú, para onde o corpo foi levado. Os outros passageiros foram socorridos por pessoas que passavam pelo local.

Segundo testemunhas, o motorista, identificado como Samuel Machado, filho do vereador de Coreaú João Aucimar Machado, dono do veículo, subcontratado para prestar serviço de transporte de alunos entre os distritos, não teria habilitação para conduzir aquele tipo de transporte. Esse seria o segundo acidente, em menos de dois meses, com o mesmo motorista ao volante.

O ônibus de placas HVI-1708, de 45 lugares, com rota diária entre as localidades de Tabuleiro, Mosquito, Visitação, Tapadinho e Lagoa do Barro, não tem condições mínimas para transportar crianças. Nenhuma das cadeiras possui cinto de segurança. 

O veículo não tem, sequer, identificação de transporte escolar. Os pneus carecas e a lataria corroída pela ferrugem, denunciam o desgaste pelo tempo de uso. Para Maria Eliene Soares, que acompanhava a filha Vitória, de 4 anos, até a Escola Olindina Neres da Frota, para onde o ônibus seguia, o acidente teria sido motivado por uma distração do motorista, que conduzia a vítima, com outras, na frente.


Fonte: Diário do Nordeste
( Foto: Marcelino Júnior )