Combate ao Aedes aegypti: meta do Governo é visitar todas as casas do Ceará até o próximo mês

O governador do Ceará se reuniu com o comandante da 10ª Região Militar, Freire Gomes, para tratar da campanha.
O governador Camilo Santana (PT) anunciou, neste sábado, 19, que, até janeiro de 2016, a meta do Governo é visitar todas as casas do Ceará em ação de combate ao mosquito Aedes aegypti, transmissor de doenças como dengue, zyka e chicungunia. Neste sábado, Camilo e reuniu com o comandante da 10ª Região Militar, Freire Gomes, para tratar da campanha. Os detalhes da campanha devem ser divulgados na segunda-feira, 21.

Em uma semana, a Secretaria de Saúde do Estado (Sesa) registrou 48 novos casos de microcefalia em 37 municípios cearenses, conforme Boletim Epidemiológico divulgado na sexta-feira, 18. O Governo investiga se os 128 casos já registrados têm relação com infecção com o zika vírus, transmitido pelo Aedes aegypti. O mosquito também transmite a febre amarela, a febre chikungunya, a dengue a Síndrome de Guillain-Barré.

Segundo Camilo, a campanha de combate ao transmissor envolverá diversos órgãos do Governo, agentes de saúde e de endemias e o Exército. Em Pernambuco, estado com maior número de casos de microcefalia, o Exército permanecerá por 180 dias, acompanhando equipes de saúde ambiental e controle de endemias na vistoria de residências.

MAPP

Neste sábado, Camilo reúne o secretariado e diretores de órgãos vinculados ao Governo do Estado na última reunião de Monitoramento de Ações e Programas Prioritários (MAPP) de 2015. O encontro começou por volta das 10h30min e está previsto para seguir até as 15 horas. Na ocasião, o governador apresenta o projeto do Bilhete Único Metropolita que deve ser implantado até março de 2016.



O Povo Online