Governo inicia promoção de cerca de 9 mil militares nesta quarta-feira


O governador Camilo Santana inicia, com solenidade marcada para as 9 horas desta quarta-feira (16), no Centro de Eventos do Ceará, a histórica promoção de cerca de 9 mil militares. Ao todo, serão dez cerimônias, duas na Capital e oito no Interior, até o dia 23 deste mês – Sobral, Crateús, Itapipoca, Canindé, Iguatu, Juazeiro do Norte, Russas e Quixadá também receberão as solenidades.

A cerimônia da manhã desta quarta-feira promove aproximadamente 2.800 profissionais, mas a expectativa é pela presença de até 10 mil pessoas no Centro de Eventos, com a participação de familiares e convidados. Os promovidos terão a ascensão na carreira militar corrigida graças à criação da lei que regulamenta as promoções no Estado, compromisso do governador Camilo Santana sancionado em maio, durante a celebração dos 180 anos da Polícia Militar.

“Estamos resgatando e corrigindo um benefício dos militares cearenses. São profissionais que se dedicam à segurança pública e aos cearenses, e que não tinham expectativa de quando seriam promovidos. É muito importante que eles celebrem esse momento ao lado de seus familiares e amigos”, destaca o governador, lembrando que muitos profissionais aguardaram até 20 anos pela valorização profissional. Os beneficiados recebem melhoria salarial e progridem como praças ou oficiais militares.

Calendário

Além de Fortaleza, Sobral também recebe solenidade nesta quarta-feira, às 18 horas, no Arco do Triunfo. Em 17 de dezembro serão realizadas solenidades na Capital, novamente às 9 horas, e em Crateús, às 18 horas, que inclui os profissionais dos Inhamuns. Na sexta-feira, o governador promove os policiais e bombeiros de Canindé, às 19 horas.

Já na segunda-feira (21), Itapipoca e região serão beneficiadas, a partir das 17 horas. No dia seguinte, os profissionais da Região do Cariri serão promovidos em evento realizado em Juazeiro do Norte, às 9h. Em seguida, às 18h, Iguatu sedia as promoções dos PMs e bombeiros do Centro-Sul do Ceará. Por fim, no último dia de solenidades, os beneficiados do Litoral Leste e do Vale do Jaguaribe participam da solenidade em Russas (9h), enquanto que os profissionais que atuam no Sertão Central e no Maciço do Baturité serão promovidos em Quixadá, às 18h.

Maior promoção da história

Com 9 mil beneficiados, a promoção de 2015 é a maior da história das duas corporações. A última grande medida do gênero ocorreu em 2006, com 1.679 beneficiados. Em junho deste ano, os primeiros 65 oficias (48 PMs e 17 bombeiros) beneficiados com a Lei das Promoções participaram de formatura no Palácio da Abolição. Pela legislação antiga seriam apenas 29 profissionais beneficiados em 2015.

A iniciativa é mais um passo na valorização da segurança pública cearense. Nesta lista constam iniciativas importantes como a criação do Batalhão de Divisas e a interiorização do Batalhão Raio e da Coordenadoria Integrada de Operações Aéreas (Ciopaer). Os resultados já podem ser sentidos, como a redução de 9,8% nas mortes violentas no ano e 396 vidas salvas em 2015, se comparados ao mesmo período do ano passado – e 16,9% em Fortaleza.

Lei aprovada e sancionada em maio

Assinada pelo governador Camilo Santana em 22 de abril, a Lei das Promoções foi aprovada por unanimidade pelos deputados e sancionada no dia 25 de maio, durante a solenidade de comemoração dos 180 anos da Polícia Militar do Ceará. A medida institui um fluxo regular e automático na carreira dos oficiais e praças estaduais.

A principal novidade do projeto é a extinção do limitador de vagas para ascensão. Ou seja, quem cumpriu o interstício (tempo mínimo de permanência no posto para ser promovido) pode concorrer ao benefício. Toda a tropa está apta a ser promovida.

Campanha Militar Solidário

Em meio às cerimônias, os comandos da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros do Estado do Ceará lançaram a campanha Militar Solidário. A iniciativa convida os mais de 9 mil profissionais que serão promovidos na graduação militar a doarem alimentos não perecíveis que serão distribuídos nas regiões mais afetadas pela estiagem no Estado, através da ação da Defesa Civil. A estimativa é pela arrecadação de cerca de 16 toneladas de alimentos. Todas as pessoas que estarão nas solenidades poderão a participar da campanha.



Com Governo do Estado