GRAÇA-CE: Licitação que previa R$1,6 mi para lubrificantes é cancelada

A Prefeitura de Graça teve de cancelar certame que previa a compra de 86 mil litros de lubrificante, além de 11 toneladas de graxa para veículos
Após fechar licitação de R$ 1,6 milhão para compra de óleos lubrificantes, a Prefeitura de Graça (320,3 quilômetros de Fortaleza) anunciou o cancelamento do certame, alegando “equívoco no planejamento das demandas” dos carros da Prefeitura.

A licitação, do dia 15 de janeiro, previa a compra de quase 86 mil litros de óleo lubrificante e 11 toneladas de graxa para abastecer a frota de carros da gestão. O maior gasto era com a aquisição de 3.200 unidades de lubrificante para motor a óleo, com o preço unitário de R$ 370. Somada, a compra retiraria R$ 1.184.000,00 milhão dos cofres públicos. Já as 11 toneladas de graxa custariam R$ 236.500,00.

O secretário de Obras, Transportes e Serviços Públicos, Egberto Rodrigues, disse que houve um “erro de cálculo” na licitação que já estava sendo resolvido pela Prefeitura.

Prefeitura

Em nota, a prefeita Iraldice Alcântara (Pros) afirmou que houve “equívoco no planejamento das demandas de óleo lubrificante por parte das secretarias municipais”. Ela disse ainda que a licitação será anulada e nenhum pagamento chegou a ser feito.

A Prefeitura pontua que não faz parte da comissão de licitação e não é responsável pela ordenação de despesas. “Tão logo (a Prefeitura) tomou conhecimento, mandou anular o certame licitatório”, registra a nota. O texto foi divulgado na segunda-feira, 25, nas redes sociais da gestão.

A empresa vencedora do certame, a Wesley Vieira de Lima Auto Peças, tem sede no município de Tianguá, mas não foi localizada pelo O POVO nos telefones informados na Internet.



Fonte: O Povo Online