AÇÃO CRIMINOSA: Com coquetéis molotov, Câmara Municipal de Sobral é depredada e pichada com a sigla “PCC”

A ação foi filmada pelas câmeras de segurança e encaminhada à Perícia Forense
Pelo menos um homem, ainda não identificado, depredou, na madrugada desta quinta-feira (14), a sede da Câmara Municipal de Sobral, na Zona Norte do Estado. Usando um capacete, ele pichou a fachada, portas e janelas do local com a sigla "PCC". O suspeito ainda jogou coquetéis molotov, no prédio, quebrando uma vidraça.

A ação foi filmada pelas câmeras de segurança e encaminhada à Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce), que investigará o caso. O homem usava capacete e parecia se comunicar com, pelo menos, um comparsa que não apareceu nas imagens. 

Um dos coquetéis molotov quebrou uma vidraça e queimou uma mesa com um computador ( Foto: VC Reporter/Whatsapp )
As imagens mostram que foram jogados três garrafas com material combustível. Contudo, de acordo com o tenente-coronel Assis Azevedo, responsável pela Área Integrada de Segurança (AIS) 12, apenas uma vidraça foi quebrada. "Ele quebrou o vidro que dá acesso a um a uma antessala no térreo e [o coquetel molotov] espatifou numa mesa onde havia um computador e ficou só o monitor", explicou. Segundo ele, não houve mais nenhum dano ao local.

O tenente-coronel disse ainda não acreditar que o ato criminoso esteja ligado à organização criminosa "Primeiro Comando da Capital", conhecido pela sigla PCC. Para ele, a ação foi realizada por "pirangueiros que não querem os sinais de celular bloqueados" nos presídios, como prevê lei aprovada recentemente na Assembleia Legislativa do Ceará (AL-CE). "Devem ser aqueles que fazem sequestros virtuais por telefone", considerou.


Diário do Nordeste