SEGUNDO ARQUIDIOCESE: Cinco moradores de rua morrem em virtude do frio em São Paulo

Arquidiocese apela aos poderes públicos para que estes realizem “ações emergenciais de socorro" ( Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil )
O frio que atinge São Paulo nos últimos dias já fez, pelo menos, cinco vítimas moradores de ruas. Segundo o G1, a Arquidiocese de São Paulo informou que a quinta morte em virtude da baixa temperatura foi registrada na noite da última segunda-feira (13), no Bom Retiro, Centro.

Em nota, a Arquidiocese paulista “expressa profunda tristeza e preocupação” pelos moradores de rua que foram a óbito. A entidade apela aos poderes públicos para que estes realizem “ações emergenciais de socorro e promovam políticas estáveis e permanentes para assegurar a dignidade dessas pessoas”.

De acordo com o G1, a quinta vítima passou mal e o Samu foi acionado. Porém, quando o socorro chegou o homem já estava morto, na Região do Bom Retiro, no Centro. Ele foi identificado como Nailson Paulo Batista, de 51 anos.

Além do óbito de segunda-feira, morreram João Carlos Rodrigues, de 55 anos, na estação Belém do Metrô, e Adilson Roberto Justino, na Avenida Paulista. Duas pessoas não identificadas teriam morrido em Santana. A Prefeitura de São Paulo disse ao G1 que não confirma as mortes pelo frio e que tem 79 locais na cidade que recebem moradores de rua.


G1