Morte de garoto em João Pessoa mostra perigo de usar celular ligado à tomada


A morte do estudante Gabriel da Silva Bezerra, de 12 anos, após sofrer uma parada cardiorrespiratória, no domingo (24), em João Pessoa, em decorrência de choque elétrico enquanto utilizava o celular com o aparelho ligado à tomada chamou atenção para os riscos da prática. Corpo de Bombeiros fez um alerta para o perigo. 

De acordo com familiares, o estudante foi levado para o Hospital Municipal de Valentina, no bairro do mesmo nome, mas morreu pouco tempo depois de dar entrada na unidade. Ele foi submetido a reanimação cardiopulmonar, mas não sobreviveu.

A família informou aos médicos que o estudante levou um choque enquanto manuseava o aparelho celular ligado à tomada. O corpo de Gabriel foi enterrado nessa segunda-feira (25).
A tenente Aline Moreira, do Corpo de Bombeiros, disse que a corporação tem recebido casos recorrentes de choques envolvendo crianças e adolescentes. Ela fez um alerta para o perigo do choque e utilizar o celular carregando.


Fonte: Por Hyldo Pereira
Via Morrinhos Mucambo Online