Idoso morre ao ser atingido por raio quando cuidava da plantação no CE

Agricultor saiu de casa para trabalhar em sua plantação. Ele morreu nesta quarta-feira (18) por um raio (Foto: Darlene Barbosa/TV Verdes Mares)
Um idoso de 70 anos morreu depois de ser atingido por um raio, em Caririaçu, na Região do Cariri do Estado. Os familiares disseram para a Polícia Militar que José Correia Gomes morava na localidade de “Sitio Patos” e saiu para cuidar da plantação na tarde de quarta-feira (18), mas não retornou. Os familiares foram procurar e encontraram o corpo dele.

A Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce) confirmou que ele foi atingido por uma descarga elétrica e não resistiu. A Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme) registrou das sete horas da manhã desta quarta-feira às sete horas desta quinta-feira (19) precipitações de 25 milímetros na cidade de Caririaçu.

Raios no Estado
O Ceará registrou 1.008 raios durante a chuva de terça-feira (17) em diversos municípios do estado. De acordo com o Sistema de Monitoramento de Descargas Atmosféricas da Enel (Antiga Coelce), as ocorrências correpondem a cerca de 43% de todas as descargas contabilizadas entre 1º e 17 de Janeiro (2.339 raios).

Segundo o levantamento, o número representa aumento de 51%, quando comparado a todo o mês de janeiro do ano passado. Granja foi o município com maior incidência, registrando 166 descargas só neste ano, seguido de Araripe (135) e Várzea Alegre (118).

Em 2016, foram anotados 22.596 raios no estado. Granja foi a cidade com a maior incidência (1291); seguida de Santa Quitéria (946) e Sobral (941), conforme a Enel.
Fora de casa: evitar contato com objetos metálicos, como cercas de arame, tubos metálicos e principalmente linhas telefônicas ou elétricas. Evitar estar em locais como campos abertos, piscinas, lagos, praias, árvores isoladas, postes e locais elevados. Dentro de casa: evitar o uso do celular, secador de cabelo e ferro elétrico conectados à tomada. Evitar uso de chuveiro ou torneira elétrica. Evitar consertos de instalações elétricas e se possível, permanecer dentro de casa enquanto a tempestade durar.



Do G1CE