Últimas Noticias

Pesquise no Blog

Em qual desses nomes você NÃO votaria de jeito nenhum?

2 de fevereiro de 2017

Quixadá-CE: Professora é morta estrangulada



Socorro Gomes, 49, saiu de casa por volta das 5 horas da manhã de ontem para caminhar. Cerca de cinco horas depois, ela foi encontrada morta com sinais de estrangulamento e resistência. O suspeito, conhecido por Guelé, foi preso ainda no fim da manhã. Ele negou o crime, que aconteceu em Quixadá (a 167 km da Capital), mas a Polícia afirma que há indícios que confirmam a autoria. O POVO não conseguiu confirmar o nome do preso.

De acordo com a delegada Regional de Quixadá, Ana Cláudia Nery, imagens feitas por câmeras de monitoramento de um estabelecimento identificaram Guelé. “A imagem mostra ele andando atrás da vítima”, afirmou. O suspeito é conhecido pela Polícia por praticar vários furtos na Cidade e havia sido solto há aproximadamente seis meses.

A delegada disse ainda que o depoimento de testemunhas ajudam a confirmar que o homem foi o autor do homicídio. “Um amigo disse que eles haviam passado a noite fazendo uso de cocaína e confirmou que Guelé poderia ter sido o algoz de Socorro. A esposa dele mentiu, disse que o tinha visto por volta das 5 horas em casa”, detalhou a delegada. Outra testemunha, um homem, disse à Polícia que identificou um movimento suspeito do homem caminhando atrás da vítima. “Ele pressentiu que algo ia acontecer, mas não se atentou em acionar a Polícia”, comentou.

Guelé foi achado por volta das 11 horas, próximo à própria residência. Com muitas marcas de arranhão, aparentemente de unhas, ele disse à Polícia que havia tentado pular um muro e, depois, que teria tentado cometer suicídio. “Foram encontrados pelos no corpo da vítima e o DNA dele foi coletado. Não houve abuso sexual, porque ela lutou muito e os sinais são de que houve esganadura”, concluiu Ana Cláudia Nery.
O suspeito foi conduzido, na noite de ontem, para o município de Quixeramobim para fazer exame de corpo de delito.
 
Fonte: O povo
 
 
f