Últimas Noticias

19 de abril de 2017

Facção ameaça “explodir Secretaria” em carta deixada em ônibus incendiado

“Aquele aviso na Assembleia Legislativa do carro bomba vamos fazer valer dessa vez”
A facção criminosa Guardiões do Estado (GDE) afirma ser responsável por incendiar, nesta quarta-feira (19), 14 ônibus do transporte público de Fortaleza e Região Metropolitana e chegou a deixar, em um dos veículos incendiados, uma carta ameaçando o governador Camilo Santana (PT).

“Se mexer com as unidades prisionais igual estão fazendo iremos parar o Estado do Ceará e explodir a Secretaria de Segurança e aquele aviso na Assembleia Legislativa do carro bomba vamos fazer valer dessa vez. Governo corrupto parem agora ou o Ceará vai viver um mês de terror atentados e explosões nos prédios públicos”.

Os bandidos querem a transferência imediada “da CPPL 2 ou tira ou não vai parar os ataques”.

Sem transporte

A população de Fortaleza viveu uma tarde de terror nesta quarta-feira. Após os ônibus serem incendiados, toda a frota foi recolhida e a população está sem transporte público na Capital, refém de uma guerra envolvendo o Governo do Estado e facções do crime organizado.





Ceará News7