Últimas Noticias

18 de janeiro de 2018

Ceará recebe R$ 40 milhões para construção de novas escolas em tempo integral

Ceará vai receber R$ 40 milhões para investimento em escolas de tempo integral (Foto: Reprodução/Governo do Estado do Ceará)
Ceará vai receber um investimento de quase R$ 40 milhões para a criação de novas escolas em tempo integral. O anúncio foi feito nesta quarta-feira (17) pelo ministro da Educação, Mendonça Filho, em cerimônia com o presidente Michel Temer, no Palácio do Planalto.

O total distribuído pelo Governo Federal entre os estados foi de R$ 406 milhões, o que significa que o Ceará vai receber quase 10% de toda a verba para o investimento na educação em tempo integral. Conforme o Governo do Ceará, o tamanho do investimento se dá pelos resultados positivos alcançados pela unidade federativa na educação.

Pelo segundo ano consecutivo, o Ceará foi destaque no número de escolas com este modelo implantadas, e por isso será o estado que mais vai receber novas instituições de ensino. O Ceará conta, atualmente, com 117 escolas profissionalizantes de tempo integral. O objetivo é que em 2018 esse número suba para 228 instituições educacionais do tipo.

O governador Camilo Santana esteve presente na cerimônia e discursou, representando os 27 gestores dos estados brasileiros. Ele afirmou que em 2018 pretende que cerca da metade das escolas públicas estaduais do Ceará sejam em tempo integral.

O ministro da Educação, Mendonça Filho, ressaltou os resultados obtidos pelo Ceará nos investimentos da área. "É belíssimo o trabalho feito no Ceará e devemos replicar em todo o Brasil. Onde estiver o bom exemplo para Educação precisamos exaltar, destacar e dizer o quanto é importante esse pacto por mais escolas em tempo integral", colocou.

No total, o Programa de Fomento às Escolas de Ensino Médio em Tempo Integral pretende aumentar, em todo o Brasil, de 516 escolas financiadas pelo Ministério da Educação em 2017, para 967 em 2018. Serão 500 mil matrículas em instituições de ensino do tipo em todo o país.



G1/CE