Saúde

header ads

MARANGUAPE-CE: CRIANÇA DE 4 ANOS MORRE ATROPELADA

Após sair da pista e atropelar as cinco pessoas, o veículo parou em um matagal próximo ao local do acidente
Uma criança de quatro anos morreu após ser atropelada por um veículo desgovernado, na manhã de ontem, no Km 22, na CE-065, em Maranguape, Região Metropolitana de Fortaleza (RMF). O motorista estava alcoolizado e perdeu o controle do veículo. No acidente, também foram atingidas outras quatro pessoas: duas mulheres, sendo uma grávida e outras duas crianças que eram levadas para a escola.

Conforme a Polícia Rodoviária Estadual (PRE), as cinco pessoas seguiam a pé, pelo acostamento da rodovia, quando o motorista, identificado como Francisco Ednardo dos Santos de Abreu, 22, atropelou os pedestres. As vítimas foram colhidas frontalmente e não tiveram tempo de correr. De acordo com os policiais rodoviários, o acidente aconteceu por volta de 7h10. A menina Milena Lima da Costa, de quatro anos de idade, teve morte imediata.

Alcoolizado

As demais vítimas foram socorridas pela Polícia e por populares e encaminhadas para o hospital municipal. O motorista também sofreu escoriações. Ainda no local do acidente, Francisco Ednardo foi submetido ao exame do bafômetro que deu positivo. O condutor do veículo, flagrado alcoolizado, foi conduzido e autuado na Delegacia Metropolitana de Maranguape.

Na Delegacia, o acusado disse ao delegado titular, Mauro Gadelha, que tinha cochilado ao volante no momento do acidente. Em outra declaração, o motorista informou que tentou desviar de um buraco na rodovia e acabou atingindo o grupo. Segundo a Polícia, a mãe da garota de quatro anos de idade está grávida de oito meses. Ela levava a outra filha de seis anos à escola. Ao lado das três vinha uma mulher identificada como Maria das Dores, 52, que também levava uma criança, um menino de sete anos.

Após terem o atendimento inicial no hospital local, os quatro pacientes foram levados para o Instituto Doutor José Frota (IJF). De acordo com a unidade de saúde, as duas crianças foram atendidas e liberadas ainda na tarde de ontem. O quadro da mulher grávida era estável. Maria das Dores sofreu uma fratura. Ambas estavam em observação.

De acordo com o delegado Mauro Gadelha, o motorista foi autuado em flagrante e deve responder por homicídio doloso com pena prevista entre seis a 20 anos de reclusão. Conforme a Polícia, o suspeito acabou confessando que ingeriu bebida alcoólica na noite anterior. Ele dirigia sem carteira de habilitação.


Fonte: Diário do Nordeste

Postar um comentário

0 Comentários