Saúde

header ads

ALERTA: Criança de 1 ano morre no interior do Ceará, com suspeita da gripe H1N1

Profissionais de saúde alertam que manter vacina em dia é uma das formas de prevenção da doença (FOTO: Divulgação)
Uma criança de um ano e quatro meses de idade morreu na última sexta-feira (22), em Juazeiro do Norte, a 500 quilômetros de Fortaleza, possivelmente vítima da gripe H1N1, mais conhecida como gripe suína. Caso seja confirmada a doença com a morte do garoto, este será o primeiro caso de morte no ano registrado no município.

A criança deu entrada no hospital com uma forte gripe e uma infecção respiratória, considerado sintomas bastante característicos de H1N1. Em entrevista à Rede Jangadeiro FM, a técnica em vigilância da saúde Anaíle Montezuma afirmou que todos os procedimentos necessários para salvar a vida da criança foram realizados.

“O garoto foi encaminhado para UTI do hospital. Quando chegou lá, a infectologista suspeitou de H1N1, mas era preciso realizar o exame. Ele foi a óbito na última sexta-feira e o exame para comprovar se realmente foi vítima da gripe só sai na segunda”, explica.

A tese de que a criança adquiriu a gripe foi reforçada pelas informações que a família repassou aos médicos. Conforme Aníle, a criança não viajou para outros estados e os pais buscaram ajuda médica imediata. “Segundo a mãe, ele já estava com uma semana de gripe. Quando ficou mais grave, ela procurou o hospital. Então, é bem característica de um quadro que fosse de uma gripe. Então a médica que estava de plantão com uma criança grave já pediu uma vaga na UTI e no mesmo dia ele foi transferido”, disse a vigilante.

Alerta

Os profissionais de saúde alertam que o H1N1 é muito agressiva, podendo levar o paciente a óbito em um curto período de tempo. Isso por conta da infecção crônica respiratória que ela prova. Para a vigilante, a melhor opção é a prevenção da doença. “A orientação é manter as vacinas em dia. Cuidados com a higiene, lavar as mãos, enfim prevenção”, contou a profissional.

Em Juazeiro do Norte, pelo menos um caso de morte por H1N1 foi registrado no ano passado. Neste ano, além da morte da criança, outros dois adultos são investigados com suspeita da gripe. Conforme a Secretaria de Saúde do município, os pacientes se recuperaram bem.



Tribuna do Ceará

Postar um comentário

0 Comentários