X
Aplicativo MCB Em Questão

Grátis - Na Play Store

O Melhor e mais completo portal de notícias da cidade!

Datafolha: Bolsonaro lidera com 28%; Haddad e Ciro estão empatados



Nova rodada da pesquisa Datafolha mostra que o presidenciável Jair Bolsonaro (PSL) oscilou positivamente dois pontos, chegando a 28% das intenções de voto na corrida ao Planalto.

O militar é seguido por Fernando Haddad (PT), que cresceu três pontos percentuais em relação ao último levantamento e chegou a 16%. O petista está tecnicamente empatado com Ciro Gomes (PDT), que se manteve com 13%.

O Datafolha ouviu 8.601 eleitores de 323 municípios na terça-feira e ontem. A margem de erro é de dois pontos para mais ou para menos. Votos brancos e nulos passaram de 13% para 12%. Não souberam ou não opinaram, de 6% para 5%.

De acordo com a sondagem, Geraldo Alckmin (PSDB) permaneceu com 9%, empatado com Ciro no limite da margem de erro. Marina Silva (Rede) perdeu mais um ponto, saindo de 8% para 7%.

João Amoêdo (Novo), Álvaro Dias (Podemos) e Henrique Meirelles (MDB) têm 3%, 3% e 2%, respectivamente. Vera (PSTU) e Guilherme Boulos (Psol) possuem 1% de intenções. Cabo Daciolo (Patriota), João Goulart Filho (PPL) e Eymael (DC) não pontuaram.

Na pesquisa espontânea, quando não são apresentados nomes ao eleitorado, Bolsonaro também melhorou desempenho, passando de 22% para 24%, enquanto Haddad foi de 8% para 11%. Ciro continuou no mesmo patamar de 7%. Alckmin tem 3% e Marina, 1%.

As menções ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva chegaram a seu estágio mais baixo: 3%. Em 22 de agosto, quando o petista ainda era mantido como candidato da legenda, as referências espontâneas a seu nome somavam 20%.

O Datafolha também verificou a rejeição dos candidatos à Presidência. Líder no primeiro turno, Bolsonaro encabeça esse quesito. Embora sua rejeição tenha oscilado negativamente um ponto, ela permanece alta: 43%.

Já a rejeição a Haddad foi de 26% para 29%, enquanto a de Ciro passou de 21% par 22%. A do candidato tucano caiu um ponto, chegando a 24%. E a de Marina saltou dois pontos, indo a 32%.

O total dos que não votam de jeito nenhum em Cabo Daciolo oscilou de 18% para 19%. Em Vera, permaneceu em 19%. Boulos tem 18% de rejeição. Meirelles (MDB) se manteve em 17% e Amoêdo, em 15%.


REGIÕES

Bolsonaro cresceu no Sudeste, Norte e Sul, onde atingiu sua melhor marca (37%). Haddad cresceu no Sudeste e no Nordeste onde alcança a melhor pontuação (26%) e única região em que está à frente de Bolsonaro.




Via O Povo Online