X
Aplicativo MCB Em Questão

Grátis - Na Play Store

Azul vai realizar rota ligando Fortaleza a Juazeiro do Norte na alta estação

Azul terá quatro voos semanais em junho e um diário, em julho, entre a capital cearense e Juazeiro do Norte — Foto: Divulgação


A Azul Linhas Aéreas vai operar voos de alta estação entre Fortaleza e Juazeiro do Norte, região Sul do Ceará. De acordo com a companhia aérea, serão quatro voos semanais em junho e um diário em julho.


"O voo será feito no A320 e as vendas têm início nesta segunda-feira (6). Os voos atendem a demanda das festas juninas e da alta estação", informou a Secretaria do Turismo do Ceará (Setur). O Airbus 320 tem capacidade para 174 passageiros.


A rota ligando a capital cearense e o município na região do Cariri deixou de existir a partir do cancelamento das operações da Avianca, em recuperação judicial, no estado. Outras frequências envolvendo o Aeroporto de Juazeiro do Norte, para São Paulo, Brasília e Rio de Janeiro, também foram suspensas.


Na sexta-feira (3), durante cerimônia de um ano do hub de Fortaleza, a Gol anunciou quatro frequências semanais entre as duas cidades. No entanto, a empresa não informou quando as operações serão iniciadas, devido à falta de aeronaves.


A empresa aguarda a liberação do Boeing 737 Max, cuja operação ficou suspensa pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) após uma série de acidentes envolvendo o modelo, para fazer a reorganização da malha.

Preços

Em pesquisa realizada pelo G1 na noite desta segunda no site da Azul, os bilhetes de ida e volta entre Fortaleza e Juazeiro do Norte, incluindo as taxas de embarque e sem o direito de despachar mala, custavam R$ 1.420,57 (de 10 a 13 de junho).


No mesmo período, é possível reservar os trechos por R$ 802,57 (ida e volta, com as taxas de embarque), mas com conexão no Recife (PE).


Para as datas entre 3 e 10 de julho, também foram encontrados bilhetes por R$ 1.420,57 (ida e volta em voos diretos).


Na sexta-feira passada, o secretário do Turismo, Arialdo Pinho, disse que os preços das passagens devem ficar mais caros, na comparação com os que eram comercializados pela Avianca, que fazia a rota até o mês passado.


“A Avianca trabalhava com preços muito baixos e hoje os preços vão mudar, porque os últimos voos da Avianca custavam R$ 159 o trecho. Um ônibus leito custa R$ 170. Então, tinha algum erro no mercado. Esse preço é impossível porque o custo Brasil é muito elevado”.


G1CE