X
Aplicativo MCB Em Questão

Grátis - Na Play Store

O Melhor e mais completo portal de notícias da cidade!

Assessor de comunicação é assassinado a tiros em Senador Pompeu

Flávio Uchôa foi assassinado aos 22 anos.

O assessor direto de redes sociais da Prefeitura de Senador Pompeu, Flávio Uchôa do Nascimento Idairã, de 22 anos, foi assassinado a tiros no bairro Nova Brasília, na periferia da cidade. O caso foi no fim da tarde desta quinta-feira (26). Conforme levantamentos preliminares da Polícia, o jovem estava com amigos, em uma oficina de equipamentos sonoros automotivos, quando foi surpreendida por três homens. O grupo teria disparado pelo menos três vezes contra o assessor.

Após o crime, os assassinos empreenderam fuga e ainda não foram identificados.

A Polícia não descarta nenhuma linha de investigação. Uma delas é de que o homicídio tenha motivação política. Segundo testemunhas, a vítima teria se desentendido com um militante do principal grupo político de oposição no último dia 25.

O prefeito de Senador Pompeu, Maurício Pinheiro, confirmou a discussão entre o representante do partido oposicionista com o seu assessor. “Esse problema realmente teve início ainda nas campanhas vencidas pelo meu partido. Levaram para o lado pessoal e não parou mais. Agora, com a proximidade das novas eleições, temo que a violência volte a se acentuar na nossa cidade”, desabafou.

SSPDS

Em nota, a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) informou que a Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE) investiga a autoria e as circunstâncias do crime. A Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce) esteve no local da ocorrência. Equipes das Polícia Civil e da Polícia Militar do Ceará (PMCE) realizam diligências na região no intuito de capturar os envolvidos no crime. O caso é investigado pela Delegacia Regional de Senador Pompeu.

Denúncias


A população pode contribuir com as investigações repassando informações que possam auxiliar os trabalhos policiais. As denúncias podem ser feitas pelo número 181, o disque-denúncia da SSPDS, ou para o número (88) 3449 1324, da Delegacia Regional de Senador Pompeu. O sigilo e o anonimato são garantidos.


Diário Sertão Central