Saúde

header ads

Mais de 10 mil benefícios do INSS foram cortados ou suspensos no Ceará


Mais de 10 mil benefícios do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) foram cortados ou suspensos no Ceará, após pente-fino e ações de combate à fraude realizadas pela autarquia do Governo Federal. Conforme balanço do INSS, 261 mil benefícios foram cancelados nesse processo em todo o País. Iniciativa pode gerar economia anual de R$ 4,3 bilhões.

Só no Estado, 5.252 benefícios foram cancelados e outros 4.772 foram suspensos. A estimativa do INSS é de que esses números resultem na economia de R$ 73 milhões ao ano. Os beneficiários, no entanto, podem recorrer e fazer a defesa para permanência do benefício.

O caso mais comum que resultou em cancelamento foi de servidores públicos estaduais e municipais que recebiam o benefício indevidamente. A investigação do INSS constatou a efetividade de fraude em 92,5% dos casos suspeitos. Aproximadamente 4.700 servidores estaduais e municipais foram identificados praticando esse tipo de fraude.

Do total dos benefícios cancelados e suspensos pelo pente-fino neste ano, 59% eram casos de representantes legais, pessoas próximas do falecido, que continuavam a receber a aposentadoria irregularmente.

O POVO Online