TRAGÉDIA: Jovem morre afogado no Açude Orós após ataque de cachorro da raça rotweiler

Canoa onde estavam os jovens no açude Orós. foto: divulgação
Um passeio de canoa entre dois amigos terminou em tragédia no começo da tarde desta segunda-feira, 23, na cidade de Orós, na região Centro-Sul do Ceará. O jovem José Michael da Silva Nunes, 19 anos, morreu afogado após ser agredido por um

cachorro da raça rotweiler.

Segundo depoimento do amigo sobrevivente, Dorisvaldo Souza, mais conhecido por ‘Dereca’, prestado no fim da tarde na Delegacia de Polícia Civil de Orós, os dois saíram para pescar pela manhã, às 8 horas. Por volta das 13 horas, se aproximaram da margem da Ilha Vermelha, distante cerca de 2 km da parede do reservatório. A canoa estava presa a uma estaca. O casal de cães da raça rottweiler pulou no barco para agredir os jovens que se jogaram no açude na tentativa de fugir do ataque dos cães.

MIchael Nunes foi agredido por cachorro e
morreu afogado no açude Orós
“Eu consegui mergulhar e me distanciar de um dos cachorros, e quando olhei para trás vi Michael se defendendo do cão. Ainda chamei para ele vir para o outro lado da canoa, mas ele disse que estava enganchado”, contou Dorisvaldo na delegacia de Polícia Civil de Orós. “Nadei em busca de ajuda”. Dorisvaldo disse que Michael sabia nadar.

O caseiro da ilha, Antonio Valdeci do Nascimento, também prestou depoimento à escrivã, Rosa Lopes. Disse que o proprietário mora em São Paulo e que é costume deixar os animais soltos. “No momento não vi nada, só uma canoa próxima à margem, até que ligaram para mim perguntando o que estava acontecendo na ilha”, disse.

O corpo da vítima foi encaminhado no fim da tarde para o IML de Iguatu. O policial militar Oliveira, que estava de plantão foi ao local do acidente e disse que Michael Nunes tinha marca de arranhões nas costas.


Fonte: Diário Centro-Sul/DN